Dicas para escolher uma Bíblia de estudo pessoal


Algumas pessoas pedem dicas para comprar uma Bíblia de estudo. São várias as opções no mercado, então ao invés de indicar uma em específico, listo as principais características de uma boa Bíblia de estudo pessoal. Você verá que não tem muito a ver com as Bíblias comerciais existentes no mercado.

1. Letras grandes

Se você vai estudar a Bíblia, irá lê-la frequentemente. Então a principal características é que ela seja de fácil leitura, ou seja, que não canse a vista. É bom que você verifique o tamanho e o tipo da fonte, além da cor do papel, para ver se proporciona uma leitura confortável.

2. Margens grandes

Bíblia pequena geralmente implica letra pequena e margens pequenas. Se você vai estudar a Bíblia, deverá fazer anotações nas margens. Por isso as margens devem ser de tamanho tal que permitam o registro de observações, descobertas e pontos de vista.

3. Ausência de notas

Um dos principais obstáculos a um estudo proveitoso do texto bíblico é a existência de notas. Elas competem em autoridade com o texto e produzem preconceitos. Você deve estudar o que a Bíblia diz e não o que alguém diz sobre o que a Bíblia diz.

4. Sem subtítulos

Isto não é de importância fundamental, mas se você encontrar Bíblias que não tragam subtítulos, é melhor. Pois estes também acabam por te levar ao texto com uma idéia pré-concebida, às vezes não tão precisa. Por exemplo, no texto com a oração que o Senhor ensinou, às vezes encontramos o título "A oração do Senhor", quando a oração do Senhor está em João 17.

5. Com referências cruzadas

Referências cruzadas indicam passagens paralelas. São bastante úteis para você comparar Escritura com Escritura, obtendo o ensino geral das Escrituras sobre um determinado tema.

6. Com concordância

Um concordância ajuda você a encontrar passagens bíblicas que você já leu, a partir de algumas palavras que você lembra que estão no texto. Também é útil para estudo de grandes temas da Bíblia

7. Tradução verdadeira

Deixei por último a dica mais importante. A escolha de uma boa tradução é fundamental. O primeiro critério é que seja de fato uma tradução verdadeira e não uma paráfrase. Embora as paráfrases como a Bíblia na Linguagem de Hoje, a Bíblia Viva e Cartas para Hoje sejam de fácil leitura, são uma interpretação e não uma tradução propriamente dita. Entre as traduções, considero as melhores para estudo, embora não sejam de tão fácil leitura, a Almeida Corrigida Fiel e Almeida Revista e Corrigida. Outras boas opções são a Almeida Revista e Atualizada e a Nova Versão Internacional.

Bom estudo!

103 comentários:

  1. Ótimas dicas...
    Realmente, difícil de achar.

    É por isso que quando vou estudar um livro a fundo eu jogo no Word tiro todos versículos e títulos e deixo margem e uso letra grande. rsrs

    E depois disponibilizo no blog ^^

    ps: tem gente que acha que a NTLH não é paráfrase. Assustador!

    ResponderExcluir
  2. Bom texto, acho que essa bíblia não existe no mercado editorial.

    Por falar em versão da bíblia, a polémica sobre isso é grande. eu, particularmente gosto de estudar na ACF e ARC, mas leio bastante na ARA e na NVI.

    Mas prolifera texto na internet falando muita coisa sobre essas versões ARA e NVI, chegando ao ponto de dizer que são versões ecumênicas e obra do diabo.

    Gostaria de saber a opnião dos leitores do blog, bem como do Cleber sobre os textos que falam contra essas versões, ARA e NVI, e também dessas versões da bíblia.

    Deixo aqui minha admiração por esse canal de benção.

    Bom dia e boa sorte.

    Josélio

    ResponderExcluir
  3. Olá Clóvis, graça e paz!

    Acrescento entre as boas versões a Almeida Século XXI. Minha leitura anual deste ano está sendo feita nessa versão e estou gostando dela. Ela fica como uma intermediária entre a ARA e a NVI. É de fácil leitura, mas carrega um tom bem tradicional nas palavras, como as versões clássicas.

    Abraços,

    André Aloísio
    O principal dos pecadores (I Tm.1.15)
    http://teologia-vida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Bíblia de estudo sem notas não é Bíblia de estudo...quem compra esse tipo de material, imagina-se, são pessoas que querem se aprofundar e que são capazes de diferenciar o texto das notas. As notas não competem em autoridade, elas ajudam a esclarecer informações lingüísticas, históricas e até mesmo sobre pontos de vista teológicos diferentes sobre o texto.
    O ideal, por conta disso, não é ter apenas uma Bíblia de Estudo, mas mais de uma, com pontos diferentes, para formar uma opinião particular sobre o texto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo. basta ter biblias de estudos que n tenham posicionamentos denominacionais, contudo eu tenho varias.

      Excluir
    2. Concordo com vc, eu tb tenho várias e uso todas elas para meus estudos pessoais, o que eu faço primeiro é orar a Deus para abrir o meu entendimento, peço que me conceda o conhecimento da palavra, depois peço entendimento do texto que vou ler, peço a profundidade da palavra só então leio o texto, depois disto registro tudo no papel ou no Pc como se estivesse pregando, releio e faço meus comentários e depois pra finalizar leios os comentários nas notas de rodapé ( se bem que em algumas a metade da folha é dedicaado ao estudo do autor ) e comparo com o texto que eu escrevi e comparo com as outras tb. Que Deus te abençoe

      Excluir
    3. MARCONE DIAS 06-08 2013/19:30
      TENHO VARIAS BIBLIAS DE ESTUDO: ALMEIDA CONTEMPORÂNIA REVISADA,REVISTA ATUALIZADA,REVISTA CORRIGIDA, SÃO OTIMAS PARA O ESTUDO BIBLICO, GENEBRA,THOMPSON,PLENITUDE E UMA CATOLICA, E OUTRAS EM MIDIA

      Excluir
  5. Olá Clóvis. Gostaria de dar meu pitaco. Em primeiro lugar, concordo com você em muita coisa, mas estou com o Nozima. Bíblia de Estudo tem que ter notas e comentários. Temos diversas opções e acredito que elas são muito úteis. Para o que você propõe, acredito que o melhor seria Bíblia PARA estudo e não Bíblia de Estudo.

    Quanto as versões bíblicas, não considero a Revista e Corrigida ou a Almeida Fiel as melhores versões. A base textual delas é muito fraca e não encontra respaldo entre os acadêmicos mais respeitados. Mesmo que o barulho virtual seja alto, como é o caso dos irmãos fundamentalistas que mantém sites e blogs atacando a NVI e a ARA, os argumentos deles são inconsistentes. Não me convencem.

    Corroborando com o André. Estou lendo a versão Almeida Século XXI e estou gostando muito. Acredito que ela vai ocupar um grande espaço entre os crentes. Ele traz opções textuais muito ricas e corajosas, como o fim da Comma Johanina, entre outras.

    Fico por aqui, um abração.

    ResponderExcluir
  6. Vini,

    Eu realmente não gosto da NTLH. Se for para escolher uma linguagem fluente, a NVI seria minha escolha, mas ainda prefiro uma Almeida.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  7. Josélio,

    E opto pelos Textus Receptus e por traduções com equivalência formal. Mas não considero que as demais sejam espúrias ou diabólicas. Tanto que estou fazendo a minha leitura anual numa NVI (Bíblia em Ordem Cronológica).

    Creio que se deveria esclarecer as pessoas sobre os textos em que se baseiam as traduções, bem como o método de tradução utilizado ao invés de polemizar.

    Minha indicação é mais uma questão de preferência do que de rejeição. Apenas rejeito as paráfrases vendidas como traduções.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  8. André,

    Ainda não fui apresentado à Almeida 21. Assim que tiver oportunidade, vou experimentar.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  9. Helder,

    Discordo de sua discordância. A Thompson não tem notas e é uma Bíblia de estudos... De qualquer forma, eu disse que minhas dicas não tinham muito a ver com as Bíblias de estudo disponíveis no mercado.

    Infelizmente, nem sempre quem compra uma Bíblia de Estudo quer se aprofundar, na verdade, a maioria que eu conheço que tem uma Bíblia dessa querem "comprimidos" de interpretação. Uma pessoa me disse semana passada que queria comprar a Shedd por causa das notas homiléticas.

    Além disso, não devemos substimar a autoridade das notas. Veja que o grande crédito pela popularidade do dispensacionalismo é dado às anotações da Bíblia de Scofield. Imagine o estrago que a Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira fará nos já inclinados à teologia da prosperidade.

    Eu tenho algumas Bíblias com notas e já li outras e posso lhe dizer que algumas são boas, mas outras são péssimas. Algumas simplesmente desmentem o que o texto diz!

    Mas concordo com você, se for para ter uma Bíblia de estudo, que se tenha várias. Eu tenho a Thompson, a Genebra, a Plenitude, a Vida Nova, meu filho tem a Shedd e e minha esposa a Devocional da Mulher. Mas geralmente ficam na estante, para consultas eventuais.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  10. Isaías,

    Que bom tê-lo por aqui!

    Eu pensei em colocar Bíblia PARA estudo ao invés de Bíblia de estudo. Mas a confusão foi, até certo ponto, proposital. Acredito que o texto sagrado anda meio que perdido no meio de tanta Bíblia de estudo. Hoje só falta Bíblia de estudo do Clóvis, pois quase todo mundo tem a sua.

    Continuo discordando de você sobre as melhores versões. Mas como disse ao Josélio, é uma questão de preferência e não de rejeição. Apesar de preferir (e muito) uma ACF e uma ARC à todas as outras disponíveis (não conheço a Almeida 21), não entro na briga TR x TC.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  11. Caro Clovis ,
    A paz do SENHOR.

    Como bom assembleiano eu gosto da Biblia de Estudo Pentecostal (ARC) , mas tambem gosto da Biblia de Estudo de Genebra(ARA).

    Um Abraço e que Deus o abençoe.

    Joabe Ferreira.

    ResponderExcluir
  12. Joabe,

    Não sou assembleiano e não sou bom. Assim, não gosto da Bíblia de estudo pentecostal.

    Um exemplo? A explicação sobre 1Sm 28.

    Já a Genebra, é uma das melhores.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  13. Joabe,

    Em tempo, a Plenitude, lida com critério, é muito melhor que a Pentecostal. As notas de Romanos são ótimas.

    Clóvis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a Plenitude se "esconde" na nota de Efésios 1.4 :)
      Graça e Paz!

      Excluir
    2. Ray,

      Como lhe disse, a Plenitude requer leitura crítica. As notas de Rm foram escritas por Wayne Grudem.

      Em Cristo,

      Excluir
    3. Graça e paz, tenho uma Plenitude e realmente tem que ser analisada com muito critério, porque como o irmão mesmo cita o texto de 1 Samuel 28, ao menos a pentecostal não se refere a essa passagem como uma exceção de Deus em permitir que o espirito do falecido Samuel se apresenta-se a Saul, a referida obra plenitude relata em seus comentários que era Deus mais uma vez intervindo no destino de Saul através da feiticeira. Sem mencionar outras perolas, mas é assim não existe nenhuma obra com comentários perfeito, pq perfeito é o Senhor, e aos irmãos que assinam estas obras nos resta orar por eles. E que Deus abençoe a todos! Leandro- RJ

      Excluir
  14. Clovis,
    A paz do SENHOR.
    Eu sei que Bom somente um é. Que é Deus. Contudo, por bom eu quis dizer típico. Ou seja, como “típico” assembleiano eu gosto de hinos da harpa, saúdo os irmãos com “a paz do senhor”, e tenho uma Bíblia de Estudo Pentecostal. Tambem tenho outras, tipo :Biblia de Estudo Apologética (ACF), Biblia de Evangelismo (NVI) e mais algumas na versão de Almeida.
    Só uma perguntinha o irmão e de que denominação ?
    E foi muito legal da sua parte adicionar o blog Apologia e Espiritualidade entre seus blogs amigos. Vou falar com o pessoal para fazer o mesmo com o seu. Mas so faltou você deixar sua opinião lá.
    Um Abraço,
    Joabe

    ResponderExcluir
  15. Joabe,

    Sirvo na Igreja O Brasil para Cristo. Quanto ao apologia e espiritualidade, comentarei assim que o tempo permitir.

    Clóvis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. clovis
      gostei muito das suas respostas e da forma acomo vc trata as pessoas aq .
      eu agora quero comprar a genebra e a macarthu, sendo q , vou comprar mais dicionarios biblicos e outros...

      fik na paz amigão

      Excluir
    2. Tenho a Genebra e conheço a linha teológica do McArthur, são bem parecidas quanto ao posicionamento. Mas podem diferir quanto às ajudas oferecidas.

      Em Cristo,

      Excluir
  16. Eu acho que a ACF é indiscutivelmente um texto fiel, mas ao mesmo tempo, rebuscado.

    Concordo com o autor: eu tenho várias Bíblias de Estudo e acho válido para quem está iniciando a caminhada cristã. Contudo, depois de um tempo e de muitas Bíblias de Estudo e Comentários Bíblicos, ganhamos uma certa autonomia bíblico-teológica. Isso nos faz ver as notas como algo "escravizante", pois é impossível lermos um texto sem imediatamente vermos a opinião do editor.

    Uso atualmente, para exercício do Ministério uma ARC (1995), que contém um texto híbrido (Crítico e Recebido). Uso-a pelo tamanho da letra, pois minha ACF tem suas letras menores... Gostaria de achar uma ACF com letras Gigantes...

    Um forte abraço a todos.

    ResponderExcluir
  17. Thiago,

    Eu também uso uma ARC, pois minha "Bíblia de igreja" atualmente é a Genebra.

    Para minha leitura anual, estou indo de NVI, mas porque resolvi ler a Bíblia em ordem cronológica. Para tira teima, uso a ARC.

    Só tenho acesso à ACF eletronicamente.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  18. Ops,

    Dando uma corrigida. No comentário acima, onde disse "uso uma ARC", quis dizer "uso uma ARA".

    Clóvis

    ResponderExcluir
  19. Eu simplesmente não consigo me decidir por nenhuma em especial.
    As notas da BENVI, em minha rasteira opinião, estão entre as mais, digamos, francas, e seu texto é fluido. As da Plenitude são democráticas (valoriza as escolas de pensamento).A Genebra me parece ter notas serias e submissas ao contexto e ao restante da Bíblia, a Thompson tem um "banco de dados" que se tornou imprescindível pra mim...

    Clóvis, eu queria uma só, mas com tudo. :-)
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  20. W. Magalhães,

    Como disse, não sou de recomendar Bíblias de estudo. Mas se fosse recomendar, colocaria na seguinte ordem:

    1. Thompson
    2. Plenitude
    3. Genebra

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  21. Olá irmão Clóvis

    É a primeira vez que participo do seu blog, sempre leio e sou muito edificado.
    Quanto a Bíblia para estudo pessoal, acaba de ser lançada pela Editora Central Gospel a Bíblia Sagrada Anote, esta Bíblia é do jeito que você descreveu que deveria ser uma Bíblia para ser estudar, não tem notas, possui referências cruzadas, concordância, dicionário Bíblico, e nas laterais de todas as páginas e no rodapé é marcada como folha de caderno para anotações, e na versão Revista e Corrigida da Imprensa Bíblica do Brasil.
    Quanto as versões da Bíblia sou defensor do Texto Receptus e prefiro estudar na ACF e ARC que são Bíblias traduzidas a partir deste texto, eu sei como o irmão Isaías disse que o TR não tem popularidade em meio aos eruditos e acadêmicos, eles preferem o Texto Critico e as Bíblia traduzidas a partir dele, ARA, Versão Revisada IBB, NVI por exemplo.
    Mas não podemos esquecer que o TC foi rejeitado pela maioria dos estudiosos e tradutores na história da igreja e não tinha esta popularidade que tem hoje no meio acadêmico e que começou no final do século 19 e começo do século 20, o TC tem muitas omissões e corrupções se comparado ao TR, e eu penso que é mais fácil omitir do que acrescentar, o ponto positivo com relação ao TC é que acrescentou e muito a pesquisa sobre critica textual, história da igreja e bibliologia, é um fato que não pode negado, e muitos dos defensores do TC são homens de Deus.
    Finalizando, prefiro estudar Bíblia na versão ACF e ARC, são as Bíblias que uso e recomendo, mas também possuo Almeida Século 21, NVI e ARA mas uso apenas para comparação.

    Um abraço e fique com Deus
    Ismael

    ResponderExcluir
  22. Ismael,

    Obrigado por sua participação. Não fique apenas lendo, contribua.

    Obrigado pela dica da Bíblia Anote. Se for como você está falando, essa editora melhorará em muito o conceito que tenho dela, que não é muito bom.

    Sobre o TR e Almeida Corrigida, também são minhas preferidas, embora não descarte as outras.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  23. Eu gosto muito de ler a Bíblia de Estudo de Genebra,até porque estou estudando muito adoutrina reformada,na qual conheci a 1 ano e que me convenceu totalmente!Essa Bíblia tem me ajudado e muito a entender cada dia mais essa doutrina que amo muito!
    Mas uma Bíblia que adimiro muito é a Shedd,é um ótimo trabalho e uma boa finte de estudo,sobre a Thompson eu fico meio em dúvida,parece muito sem posição doutrinária

    Boa Tarde!!
    William

    ResponderExcluir
  24. Bíblias de estudo tenho a de Genebra e a Vida Nova. Em se tratando de tradução, prefiro a Bíblia de Jerusalém. E gosto também do Novo Testamento Judaico, uma versão teonomista por excelência.

    Abs!

    ResponderExcluir
  25. Clovis

    Sobre as Bíblias de Estudos Vida Nova, Thompson, Sheed e o texto bíblico Efésios 4.11

    Você já reparou o seguinte?

    A Bíblia de Estudo Vida Nova, publicação que não existe mais, trazia ao mesmo tempo as Referências Thompson e as notas de Sheed? Isto é, ela pode ser considerada, hoje, uma Bíblia de Estudo 2 em 1! Plus!

    Com certeza, por força contratual, a editora Edições Vida Nova perdeu os direitos dos estudos de Thompson, adquiridos logo a seguir pela Editora Vida, que sem perder muito tempo, logo lançou a Bíblia de Referências Thompson. E a editora Vida Nova, seguindo adiante, lançou a Sheed, apenas com os comentários do renomado teólogo.

    Considero os estudos bíblicos inseridos nas Bíblias de Estudos algo importante. Aprendi a amar a Deus de verdade estudando a Palavra de Deus baseado nesses auxílios.

    Foi pelos idos de 1985-89, usando uma Bíblia Vida Nova, primeira edição, e sendo assídio nas aulas das escolas bíblicas dominicais, onde havia material da CPAD, que firmei minha fé em Cristo. Inclusive me destacando como professor de classe de jovens.

    Penso que os comentaristas destas Bíblias estejam catalogados em Efésios 4.11 São doutores, mestres (ARC / ARA). Eles estão na mesma classe dos profetas, dos apóstolos, pastores e evagelistas, "com vista ao aperfeiçoamento dos santos".

    É obvio e ululante que todo estudante das Escrituras deve fazer leitura crítica ao se debruçar nas notas-de-rodapé. Assim como todo cristão, igualmente, ao ouvir os sermões nos cultos ou abrir Lições Bíblicas... Acima do elemento humano, falível, mesmo que tenha as melhores intenções, deve estar o nosso Deus, inerrante.

    Temos que examinar tudo e ficar apenas com o que for realmente bom.

    Abraço.

    Eliseu Antonio Gomes
    http/belverede.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Eliseu,

    Obrigado por sua participação neste tema, mais que relevante quando se discute o lançamento da Bíblia de Estudo Dake pela CPAD, cujas notas contém desvios e devaneios teológicos.

    Minha primeira Bíblia de estudo foi uma Vida Nova, que ainda conservo comigo. Depois adquiri uma Thompson e mais recentemente presenteei meu filho com uma Shedd. Nunca havia me tocado de que a Vida Nova era uma 2 em 1.

    Eu mantenho minha posição sobre Bíblias de estudo, por considerar que os ganhos que oferecem não compensam os perigos que apresentam. Há Bíblia envenenadas no mercado, verdadeiras TNM, vendidas lado a lado com Bíblias que podem ser consideradas ortodoxas.

    Eu também considero alguns autores das notas como pastores-doutores de Ef 4:11. E seria estúpido se prescindisse dos conhecimentos e ajudas do Dr. Russel Shedd, para ficar só num exemplo, e talvez no melhor deles.

    Porém, entendo que no processo de estudo da Bíblia, comentários são o último recurso, só devem ser consultados depois do texto ser bem estudado, com o contexto compreendido, com leituras de passagens paralelas (referências cruzadas), consultas a dicionários, manuais e enciclopédias feitas e uma síntese (paráfrase) pessoal elaborada. Porém, com a popularização de tais Bíblias, as pessoas tendem a ir do texto direto à nota, isso quando não vão da nota ao texto.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  27. boa noite a todos

    Por favor, gostaria de saber dos senhores que já tem experiência no assunto, qual seria a Bíblia mais indicada para quem está iniciando nos estudos. Tenho muita vontade de conhecer melhor os textos mas já tive experiências anteriores e gostaria de saber qual seria a melhor opção para quem vai começar e não quer novamente sofrer influências de interpretação. Por óbvio, percebo que seria interessante adquirir as várias versões (ARA, ARC etc)mas gostaria de saber qual seria a melhor para começar. Parece-me que a Thompson seria uma boa opção.

    ResponderExcluir
  28. Anônimo,

    Graças a Deus temos boas traduções e versões em português. Eu recomendo uma Almeida baseada no Texto Recebido (ARC, ACF), mas uma NVI tem uma linguagem mais agradável.

    Quanto a apoio para leitura, para estudo direito do texto, a Thompson é de fato a melhor pedida. Tem menos coisa "mastigada", mas permite estudos temáticos interessantes.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  29. Bom lembrar que o texto Majoritário já está com a tradução interlinear. A Cultura Cristã lançou o texto que havia apenas em inglês.
    Agora além da representação proxima que a Fiel temos esse texto.

    ResponderExcluir
  30. Luciano,

    É uma boa notícia. Você sabe o título da obra?

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  31. Irmão Clóvis, veja a pagina: http://www.editoraculturacrista.com.br/produtos.asp?codigo=392
    é uma tradução analítica, muito bom mesmo, (pelo menos na minha ignorãncia) achei muito bom, pois eu tinha o texto grego majoritário sem tradução literal. E depois de ler a tese do dr Pickering, é dificil crer no texto crítico.( e para piorar tenho dois professores que tiveram aulas de manuscritologia com ele e defendem o texto majoritário...)

    ResponderExcluir
  32. Oi amigos,
    Tb acho q a melhor Bíblia para estudo deve ser sem subtítulo e sem comentário (não tenho nada contra dicionário Bíblico, mapas e referências cruzadas) pois, na minha opinião, tais "Bíblias de Estudo" induzem à preguiça e falta de afinco para compreender o texto Bíblico, pois o que estão buscando mesmo, na maioria das vezes, é "prato feito"/respostas prontas - vcs já sabem que, infelizmente, nosso povo não é dado à leitura e ao estudo. Por muito tempo busquei uma Bíblia assim em português. Mandei emails para algumas editoras e conversei sobre o assunto. De fato, recentemente eles lançaram uma Bíblia assim, contudo a letra é pequena e há um acréscimo em Gn 3.6 que não está no original hebraico. Minha Bíblia predileta tem sido uma versão, em Inglês, dos Gideões, justamente porque não possui subtítulos e nem comentários. Verdadeiramente, há uma grande diferença qdo vc estuda a Palavra, usando uma Bíblia assim, comparada com uma Bíblia de Estudo (tenho várias Bíblias de estudo: Thompson e etc.). Tentem fazer o teste. Não vou entrar nos pormenores do porque isso acontece. Há alguns anos venho estudando esse assunto e um livro que me despertou para os malefícios que as Bíblias de Estudo causam no estudo pessoal da Palavra foi o livro: "Nem tudo o que está em nossas Bíblias foi inspirado por Deus - Neil Rees". Quem quiser se aprofundar nesse assunto deveria ler esse livro, acho. Outro autor conhecido que discute essa temática em um capítulo de um livro que escreveu (A Igreja é Maior do que Vc Pensa) é Patrick Johnstone que também escreveu a conhecida obra “Intercessão Mundial”. Nesse último Congresso de Lausssane (África do Sul), levantei essa temática e tive resposta de algumas pessoas de outras partes do mundo que estão "antenadas" com esse tema. David Pawson - pr. Inglês autor de vários livros, mas que, infelizmente, não tem nada traduzido aqui no Brasil, visto que nossa 'Teologia' já está predeterminada a ser americana mesmo, pois para entrar no Brasil é preciso passar pelo crivo das Editoras Evangélicas brasileiras - algumas tem contratos estabelecidos com Editoras Americanas, para quem não sabe - um exemplo desse crivo é o livro do John Stott chamado 'Um Cristão em uma Sociedade não Cristã”, que, de fato, é apenas um capítulo de um 'tijolo' que ele escreveu com assuntos super-relevantes para o Cristianismo contemporâneo. Nesse livro, o autor discute: Guerra, Meio Ambiente, Ministério Feminino, Pobreza no 3.o mundo e etc. - que escreveu um dos melhores comentários da Bíblia que eu conheço, contudo tal comentário não tem tradução para o português (Unlocking the Bible - David Pawson). A propósito, em português a melhor Bíblia que eu conheço não é nenhuma "evangélica", mas é a Bíblia de Jerusalém - considerada uma obra de arte literária pela Academia Brasileira de Letras. Essa Bíblia é considerada uma "Bíblia católica" pelos evangélicos preconceituosos, contudo ela foi traduzida por um grupo de teólogos católicos e protestantes e portanto é ecumênica. O seu destaque é ainda porque possui os livros apócrifos que são uma riqueza para os estudiosos da Bíblia e que Jerônimo, Pai da Igreja, aconselhou que todos os cristãos deveriam conhecer e estudá-los, mas não para firmar doutrina. A Bíblia que uso, além da Bíblia de Jerusalém, é a MKJV (Modern King James Version). Se alguém conseguir obtê-la, e dominar o inglês, vale a pena ler e estudá-la. Quanto aos programas (softwares) que uso para estudar a Palavra, os melhores que conheço são o "Xiphos" e o "BibleWorks" que utilizo no meu GNU/Linux aqui no meu Note e no meu PC. No caso do Xiphos, apesar de ele ser nativo do Linux, tb é possível baixá-lo e instalar no "Ruindow$". Da mesma forma, é possível configurar o texto para aparecer sem subtítulo, número de capítulos e versículos e etc.

    Orion_X11
    http://www.orion-x11.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Orion,

    Obrigado pela sua contribuição. Infelizmente não posso endossar os autores mencionados por você, pelo fato de não ter tido acesso a eles ainda. Infelizmente, meu inglês é mais "short" que o da Rosana Collor, então fico a mercê do que passa pelo crivo das editoras. Mesmo assim, tenho encontrado coisas muito boas, graças a Deus.

    Quanto à Bíblia de Jerusalém, não tenho preconceito, ainda não adquiri um exemplar, mas pretendo ter. Pelo pouco que li dela e pelo muito que ouvi, é uma excelente tradução.

    Fiquei curioso quanto ao Xiphos para virus, quer dizer, windows, vou procurar e testar.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  34. Clóvis,

    Você já viu o lançamento da editora Vida: A Mensagem, que diz ser tantouma tradução como uma parafrase.

    Como não fiz nehum seminário, não tenho conhecimento de grego, hebráico fico sempre interessado em adquirir materiais que dizem proporcionar um conhecimento mais profundo mostrando o significado original do texto e este em uma linguagem contemporânea.

    Se puder traçar algum comentário a respeito desta obra, agradeço

    Em Cristo

    Márcio

    ResponderExcluir
  35. Márcio,

    Não cheguei a ver a Mesagem. Mas não gosto de paráfrases da Bíblia, dão idéia de que são uma tradução quando na verdade são uma interpretação livre.

    Se está interessado no significado original do texto, uma paráfrase não é a melhor alternativa.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  36. Clóvis,

    Obrigado por compartilhar sua visão e creio que vc tem razão.

    Recentemente adquiri o dicionário Vine para ajudar em alguns esclarecimentos e do demais é orar e pedir ao Espírito Santo que nos abra os olhos

    Em Cristo

    Márcio

    ResponderExcluir
  37. Agora sim posso dizer que você fez uma excelente escolha. Ainda que conciso, o dicionário Vine é excelente.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  38. Oi Clóvis

    Gosto muito da ACF mas tenho varias versões (todas eletronicas) e simplesmente amo comparar as versões.

    Gostaria de relatar um fato que aconteceu comigo. Geralmente eu indico para crianças ou pessoas que afirmam não entender nada de bíblia a paráfrase NTLH. Mas depois que eu li Deuteronomio 32:8 na NTLH passei a olhar estas parafrases com profunda desconfiança...

    Uma coisa é traduzir mal, outra é produzir heresias!

    Por Aquele que vive e reina
    Fabio

    ResponderExcluir
  39. Andrezinho rupereta.
    Olá pessoal fiquei muito contente com o tema aqui discorrido,eu uso dois softwares para estudo das escrituras o Bibleworks e a Theword, este software THEWORD foi um dos melhores free que encontrei até o momento.

    Você pode instalar nele varias versões, tem uma Bíblia interessante para quem gosta da ACF, você encontra a ACF anota com as explicações das corrupções existente nas outras traduções.

    Como já foi dito aqui gosto muito da Almeida século 21 - Editora vida Nova, encontrei nela um meio termo ....

    ResponderExcluir
  40. Andrezinho,

    Recentemente foi lançada a Bíblia de Estudos Palavras-Chaves, pela CPAD/SBB. Além de trazer as definições de Strong para as palavras-chaves, traz notas exegéticas. Não tive oportunidade de examiná-la a ponto de recomendar, mas parece-me ser uma ótima opção para o estudo direto do texto bíblico, juntamente com a Thompson.

    Fica a dica.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atualizando meu comentário, há cerca de seis meses adquiri a Palavras-Chaves. É bastante útil para o estudo de palavras e auxilia na compreensão de passagens.

      Em alguns pontos as passagens mais complicadas são comentadas, mas nem sempre concordo com a análise feita. Não sei se é uma edição local ou se no original é assim, já que o Dicionário Vine, da mesma CPAD tem edições em relação ao original, para acomodar-se à doutrina pentecostal.

      Outro problema é embora abundante, nem todas as palavras de uma determinada passagem traz o número de Strong correspondente e a concordância bíblica que a acompanha é muitíssimo limitada. Assim, se num determinado versículo você quiser saber o termo no original e ele não tiver sido destacada, é muito difícil você localizar um versículo em que ele tenha sido indicado, através da concordância.

      Mas numa análise geral, é uma ótima ferramenta, chegando próxima da Thompson em termos de auxílio para o estudo.

      Em Cristo,

      Excluir
  41. Paz e Graça Clóvis.

    Este post é muito antigo mas gostaria da sua ajuda.

    Provavelmente vc já deve estar a parte da Almeida seculo XXI, o que vc acha agora com relação a mesma?

    Vi uma recomendação de uma versão que se chama A BIBLIA PARA TODOS de nossos caros amigos portugueses, parece que esta biblia não possui divisão de capitulos e versiculos. Isso parece ser muito interesante, principalmente para textos epistolares. Existe alguém que venda um tp de Biblia como esta aqui no Brasil que não possua divisão de capitulos e versiculos?

    Com relação a Biblia de Estudo Pentecostal eu concordo plenamente com a sua opinião, meu irmão que recentemente se atentou para o Evangelho da Graça de nosso Senhor Jesus Cristo ressureto estava realizando sua acidua leitura na mesmo , mas sempre ficava muito fustrado pois ele via contradições que quando tinha 15 anos não as vi. Por exemplo já tinha lido Rm 9, mas nunca tinha me atentado para a ideia de Predestinação, pois antes de terminar o capitulo possuia um estudo falando sobre o futuro de Israel. Não sei se foi de proposito, mas fica a dica. #Existem pessoas que lêem as notas antes mesmo de terminar a leitura do texto. Meu irmão esta querendo comprar a Biblia de estudo Genebra 2ª ed. Você recomendaria outra melhor?

    Muito Obrigado.
    .::::Bryan::::.

    ResponderExcluir
  42. Bryan,

    Desculpe a demora da resposta. Foi bom me lembrar de sua consulta, pois estava passando batido.

    1. Eu ainda não tive oportunidade de examinar a Almeida Século 21, e portanto qualquer avaliação que eu faça seria indevida. O que posso lhe dizer que para meus estudos, prefiro as traduções baseadas no Textus Receptus e feitas pelo método da equivalência formal. Mas não rejeito e até cotejo meus estudos com outras versões.

    2. Não vejo desvantagens na divisão de capítulos e versículos, pelo contrário, é uma mão na roda para memorizar e localizar rapidamente passagens. Porém, em alguns pontos, a "quebra" dos versículos é infeliz, interrompendo a ideia do texto. Mas há traduções que apresentam os versículos agrupados em parágrafos, o que diminui em muito esse problema. Quanto aos subtítulos, eles são completamente dispensáveis.

    3. Se realmente estiver decidido adquirir uma Bíblia de Estudo, a melhor é a Thompson. Não traz notas, mas apresenta uma cadeia temática que é de arrasar. Pela ordem, a Genebra vem em seguida. Para os renovados, outra que cai bem é a Plenitude. Um ponto positivo dela é as notas de Romanos foram escritas por Wayne Grudem. Uma outra que ainda não posso recomendar enfativamente, por falta de mais tempo com ela, é a Bíblia de Estudo Palavras Chaves, da CPAD.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  43. Boa tarde...Dificilmente tenho tempo disponível para ler na internet. Porém, as matérias e os comentários aqui me chamaram a atenção, principalmente porque sempre quero entender mais sobre a palavra de Deus. A matéria sobre as Bíblias de Estudo veio no momento certo para mim. Faz um mês que fiz um projeto de estudo da Bíblia. Adquiri cinco edições de estudo. São elas: Genebra(com o texto ARA), Dake(com o texto ARC), NVI, NTLH e a Bíblia do Peregrino. Como já possuo a "Bíblia de Jerusalém" faz uns 5 anos, acho que estou bem equipado. Mas, tem algumas perguntas. 1. Que outras edições devo adquiri para ter uma visão ampliada?(Por exemplo, quanto a Genebra, vi no Wikipédia que ela é de orientação calvinista)2. O que vcs acham da "Dake"? 3. O que acham da "Tradução do Novo Mundo"? Gostei de conhecer o site. Fiquem todos na paz de Deus e de Nosso Senhor Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  44. Jairo,

    Paz seja contigo.

    Doutrinariamente a Genebra é muito boa, por apresentar posicionamento reformado. A Dake contém erros graves, tenha cuidado com ela. Se está se referindo ao texto da NVI, é uma boa tradução, apesar de baseada no texto crítico. A Bíblia de Estudo NVI não conheço. A NTLH é uma tradução "livre demais" para meu gosto. Consulto, mas não me baseio nela para decidir um ponto.

    Para complementar a Genebra com uma visão mais renovada, a Plenitude é uma boa sugestão. Recomendo também que adquira uma tradução Almeida Corrigida Fiel, pois a tradução é baseada no texto receptus e feita pelo método da equivalência formal.

    Apesar do que disse sobre as Bíblias de Estudo, recomendo que ao invés de gastar dinheiro com ela, que se invista em ferramentas de estudo, como enciclopédias e dicionários bíblicos.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  45. Gostaria também, com a sua gentileza, de solicitar uma opinião sobre os dicionários VINE, DICIONÁRIO INTERNACIONAL DE TEOLOGIA DO ANTIGO TESTAMENTO e do NOVO TESTAMENTo. Obrigado.

    ResponderExcluir
  46. Jairo,

    O Dicionário Vine é um ótimo dicionário, especialmente considerando-se a relação custo/benefício. As definições são claras e abrangem tanto o Antigo Testamento como o Novo Testamento, e são feitas a partir do original hebraico/grego. Infelizmente, há algumas poucas "edições" feitas na tradução brasileira, para adequar-se à linha doutrinária da editora, que é denominacional.

    Já o DITAT e o DITNT são mais completos e mais profundos, o que justifica os três volumes enormes. Porém, tem um defeito ao meu ver grave: encontrar uma definição a partir de um termo em português é um parto. Os verbetes estão em ordem alfabética original (grego, pois só tenho o DITNT) e agrupadas por afinidade. Mas se não desistir na busca e encontrar o verbete certo, a satisfação é garantida.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  47. Clóvis

    Bom dia! Muito obrigado pelas opiniões. Constatei que são bem válidas. Quando lhe perguntei pelos dicionários acima, já estava com eles em mão. Queria sua opinião pela experiência que tens. Tenho tirado bastante proveito dos três mas realmente a busca das palavras no DITAT é mais complicado. No entanto, o conteúdo compensa.
    Porém, quero principalmente agradecer a sugestão quanto ao "Textus Recptus", pois eu não tinha conhecimento disso. Adquiri uma edição com o texto ACF, Edição de Estudo Apologética da "Trinitariana". Também, no mesmo dia das suas opiniões sobre as Bíblias de Estudo, fiz uma pesquisa sobre Gênesis 1:1, especificamente sobre a palavra "Elohim". Enquanto todas as outras edições de estudo apontam para o plural Majestático, a DAKE desconsidera esse aspecto da palavra hebraica em questão e faz um comentário fortemente tendencioso em apoio à Trindade. (Assunto que terei imensa satisfação em considerar mais profundamente com você, pois não consigo entender)
    Fazendo justiça a DAKE, na minha pesquisa quanto ao tema "Bereshit"("No princípio" em Gên. 1:1), uma nota me pareceu bem convincente, principalmente quando comparada ao Salmo 90:2, apresentando uma interessante explicação sobre tempo e eternidade. Não sei se condiz com o sentido do texto original, mas foi a nota que mais se aproximou da minha reflexão e indagação.
    Como citei acima, gostaria muito de ter a sua ajuda e orientação quanto ao tema TRINDADE. Mas, gostaria antes de saber se você conhece a "Tradução do Novo Mundo" e qual a sua opinião sobre ela.
    Que Deus abençoe o nosso dia, e a paz de Nosso Senhor Jesus Cristo nos console!

    ResponderExcluir
  48. Jairo,

    Já possuí um exemplar e já li partes da TNM. Mas não tenho condições de fazer uma avaliação pessoal. O que sei que ela é contestada com a mesma energia com que é defendida pelos testemunhas de jeová.

    Talvez outro leitor do blog possa falar de forma mais apropriada sobre a TNM.

    Em Cristo,

    Clóvis

    ResponderExcluir
  49. Graça e Paz
    em relação as Traduções como vi que muitos citaram ate a Almeida seculo 21, pelo que conheço a Editora Vida Nova pensei que essa tradução seria muito Boa, Mias após analisar alguns textos com a ajuda dessa pagina:
    http://solascriptura-tt.org/Bibliologia-Traducoes/ChequeSuaBibliaSeEhFalsificacao-CASNovais.htm
    vi que não é nada boa essa tradução como muitas outras pois esta "moldando" a Palavra de Deus, peso que todos visitem esse pagina e chequem sua Biblias.
    Em CRISTO

    ResponderExcluir
  50. Eduardo,
    O pessoal lá do solascriptura exageram nas acusações e fazem certas acusações sem fundamento. A veneração pela ACF é absurda... Sem falar que o problema não é de tradução ou versão, mas sim de base textual (texto recebido vs. texto crítico).

    Recomendo a leitura do seguinte artigo para comparação: http://www.4shared.com/office/2eu-owRu/Um_clubinho_farisaico.html

    Luis Sayão foi quem conduziu essa tradução da AS 21. Vai me dizer que os caras do solascriptura sabem mais de tradução do que ele?

    ResponderExcluir
  51. Graça e Paz André
    a questão não é a veneração pela ACF, eu até ler esse post não fazia questão de tradução alguma, mais a questão é itens que são tirados ou até trocado por essas traduções. Eu estava comprando uma A21 da nova vida mais quando comparei os textos vi uma grande lacuna, peso que vc confira os textos Bíblicos.

    ResponderExcluir
  52. Clóvis,

    O ClickOk disse: "Gostaria de relatar um fato que aconteceu comigo. Geralmente eu indico para crianças ou pessoas que afirmam não entender nada de bíblia a paráfrase NTLH. Mas depois que eu li Deuteronomio 32:8 na NTLH passei a olhar estas parafrases com profunda desconfiança...

    Uma coisa é traduzir mal, outra é produzir heresias!"

    Eu resolvi escrever para SBB e minha pergunta foi encaminhada para um consultor de tradução da SBB. O autor da resposta foi nada mais nada menos que o Dr. Vilson Scholz.

    Fui autorizado a publicar no meu blog sua resposta na íntegra, e gostaria de deixar aqui o link para quem mais desejar um esclarecimento de alguém competente no assunto.

    Blog Teologia et cetera

    ResponderExcluir
  53. Eduardo,

    O problema não é de tradução, mas de base textual.
    Procure inteirar-se quanto à origem do Texto Recebido, Texto Crítico e Texto Majoritário que você vai entender!

    ResponderExcluir
  54. André,

    Obrigado pela prestimosa consulta. A explicação apresentada foi muito boa. Comentei lá no blog.

    Em Cristo,

    Clóvis

    PS.: Coloquei seu blog em meu blog-roll

    ResponderExcluir
  55. Clóvis,

    Estou pesquisando sobre comentários bíblicos para aprofundamento de estudo bíblico. Teria como comentar sobre os existentes e sua utilidade na linha reformada.

    Pesquisei sobre uma coleção da editora vida, um da mundo cristão e tem um da cpad de Matheu Henry. Fora alguns não completos como de Calvino e mais recentes como do D.A Carson

    É muita opção...

    Abraço

    Márcio

    ResponderExcluir
  56. Como adiquirir esta Biblia?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desconheço alguma Bíblia com essas características. Ouvi de uma Bíblia que tem margens largas, para anotações. Mas não chequei.

      A Bíblia de Estudo Indutivo pode reunir algumas dessas características, mas está esgotada, pelo que sei.

      Em Cristo,

      Clóvis

      Excluir
  57. paz,estou em duvida para adquirir uma biblia de estudo...na sua opinião qual é a melhor Thompson ou planitude revisada...obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Clodoaldo,
      Como ninguém respondeu a sua pergunta até agora, vou aventurar-me.

      Eu tenho a Bíblia Thompson e gosto muito das referências cruzadas que ela tem, a concordância temática é muito útil para preparar sermões, por exemplo. A outra vantagem é que como são apenas ajudas de referência cruzada (e não notas de rodapé para explicar nada) ela é bem neutra e você caminha sozinho em seus estudos bíblicos sem ser levado pela cabeça de um autor das notas de estudo de Bíblias como a Pentecostal (que vai puxar para o pentecostalismo) e nem a Genebra (que vai puxar para o calvinismo). Entende?

      Não conheço a Plenitude, não tenho como ajudar. O que posso aconselhar é fazer o que eu faria. Lei o prefácio antes de comprar, pesquise para saber quem são as pessoas que escreveram os comentários de rodapé, para ter a certeza que os comentários estarão de acordo com a sua linha teológica. Por exemplo, se você é pré-milenista e compra uma bíblia de um comentarista amilenista, vai desagradar!

      Espero ter ajudado.

      Em Cristo,
      André R Fonseca

      Excluir
    2. Sem dúvida a Thompson, pelas razões expostas pelo André. Dá mais trabalho, mas é uma ótima maneira de ir diretamente ao texto.

      A Plenitude é boa, em termos de recurso. Porém deve ser dito que é de orientação pentecostal, inclinando-se para o neopentecostalismo. Apesar disso, oferece bons recursos, como estudos em cadeia e as principais palavras chaves. Das Bíblias pentecostais é a melhor na minha opinião.

      Ah!, e as notas de Romanos foram escritas pelo excelente Wayne Grudem, calvinista diga-se como incentivo ou advertência, conforme o caso, rsrs.

      Em Cristo,

      Excluir
  58. Eu tenho a bíblia de estudo Almeida RA, e posso afirmar que é de ótimo conteúdo.

    ResponderExcluir
  59. Paz em Cristo,
    Eu comprei a bíblia de estudos Almeida RA, ela é exelênte em todos os aspectos.

    ResponderExcluir
  60. Boa noite!
    Quero iniciar dizendo que ao ler estes comentários, tive o interesse em entender melhor sobre as versões da bíblia e sua origens antes de comprar minha bíblia nova, e isso têm sido muito bom para mim!!!

    Estou considerando algumas opções e gostaria de saber mais da opinião dos irmãos a respeito da Bíblia de Estudo Scofield com texto ACF, pois foi citada apenas uma vez, brevemente, pelo irmão Clóvis...

    Grata
    Karen

    ResponderExcluir
  61. Alguém aí faz um favor de dá uma olhada nos comentários e opinar de forma objetiva qual a Bíblia mais indicada para um homem que deseja ler e aprender os ensinamentos.
    Grato; graça e glória, minhas primas:)
    Jesus abençoe vocês.

    ResponderExcluir
  62. Olá! Eu gostaria de comprar uma Thompson devido aos comentários de vocês, mas estou em dúvida sobre a tradução. É a Almeida Edição Contemporânea? O que vocês acham dela? Eu realmente não a conheço. Gostaria se fosse uma Revista e Corrigida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marco,

      Paz seja contigo. Sim, a Thompson traz a Edição Contemporânea de Almeida. É baseada no Textus Receptus, mas cotejado com o texto crítico. A tradução segue o método da equivalência formal, mas arcaísmos foram revisados.

      Para quem não é ACF estrito mas também não abre mão de TR+EF é uma ótima opção. Usei por muito tempo e muito dos versos que sei de cor são dela.

      Em Cristo,

      Excluir
    2. Também gosto, mas fico pra morrer com a quantidade de erros ortográficos. Lançaram a edição revisada da ECA, tiraram uns erros e criaram outros. Lamentável!

      Excluir
  63. Será que algém poderia me ajudar?
    Meu esposo aceitou a Jesus a pouco tempo, e eu gostaria de presenteá-lo com uma Bíblia. Gostaria que me dessem uma orientação de qual Bíblia de estudo seria melhor para ele, já que ele é estudante do curso de história e é uma pessoa bastante racional.
    Me falaram da apologética, da estudo da fé, da shedd, a Dake, mas não sei e gostaria de uma orientação. Grata desde já! aguardo resposta.

    Meu email é; acacia.fraga@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acacia,

      Para seu esposo, novo convertido, o melhor seria uma Bíblia sem notas, apenas com o texto bíblico.

      Mas se fizer questão, das que conheço recomendo a Genebra. Se você for de uma linha mais renovada, a Plenitude pode ser uma boa opção.

      Em Cristo,

      Excluir
  64. Ao meu entender, todas versões que imprimem a palavra de Deus como fonte de vida e conversão é sobretudo e indubitavelmente infalível,pois pode-se variar a linguagem de modo tendencioso ou não mas a verdade é que a essência da palavra que é a fonte inesgotável e espiritual jamais será tendenciosa e sim necessária e complementar a vida do ser humano. Que o excelente criador possa portanto nos abençoar,digo isto porque também estou procurando uma bíblia de estudo boa agradável e excelente. Edimilson silva(email:edimilsonproerd@hotmail.com)irmão em cristo Jesus.

    ResponderExcluir
  65. ola ...
    Tenho varias Biblias de estudo, Aplicação Pessoal,Apologetica,desafios de todo homem , cada uma tem um estudo especifico são todas interessantes mas para usar na igreja prefiro a Thompson que não tem notas de rodapé mas tem um estudo com versiculos em cadeia tematica onde vc pode ter sua propria interpretação onde força vc a meditar sobre o tema sem ter estudos ja prontos que deixam a pessoa acomodada a tentar entender a Palavra De Deus e sem contar que as Palavras De Jesus estão em Vermelho...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,

      De fato esta é a grande vantagem da Thompson. Quanto às palavras de Jesus em vermelho tenho minhas dúvidas quanto à sua utilidade e benefício. Pode levar o leito a conceder mais valor às palavras de Jesus do que as demais porções dos evangelho, e "tudo o que foi escrito, para nosso ensino foi escrito".

      Em Cristo,

      Excluir
  66. Querem saber de uma coisa? A melhor Bíblia que encontrei até agora foi a Bíblia de Estudo Pentencostal. Recentemente comprei a NVI ( ARREPENDIMENTO TOTAL) paguei R$ 92,00 .
    Rm 8.1 - Subtração da expressão “Que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”. Isso facilita a prática do pecado.

    OUTROS TEXTOS:
    Mateus 1:25 - Substituição da expressão “Seu filho, o Primogênito” por “um filho”.
    9:13 - Subtração de duas palavras “ao arrependimento”.
    17:21 - Substituição da expressão “casta de demônios” por uma simples palavra, “espécie”.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo,
      Você está confundindo Bíblia de ESTUDO com VERSÃO bíblica.
      E o que vc chama de subtração ou substituição do outro lado pode ser chamado de adição!

      Procure estudar sobre os diversos textos base para tradução (os originais gregos e hebraico) e procure entender como isso influência a tradução.

      Excluir
  67. Olá! Queria aproveitar o nível de conhecimento dos irmãos e pedir indicação de uma boa enciclopédia bíblica. Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Anônimo,

      Uma "boa enciclopédia" vai depender do uso que você pretende. Existem algumas básicas, que custam pouco mas servem bem para tirar algumas dúvidas, sem muito aprofundamento. Outras são mais abrangentes e mais profundas, e o preço, obviamente é bem maior.

      Além disso, nem sempre é fácil distinguir entre enciclopédia, manual bíblico e dicionário. No mercado brasileiro, este último apresenta-se numa maior variedade, acredito. Também reputo como de maior utilidade, por ir mais direto ao ponto.

      Como exemplo de uma extremamente básica, temos a Pequena Enciclopédia Bíblica de Orlando Boyer é uma clássica, de ampla aceitação no meio pentecostal. Infelizmente é muito limitada, seja em termos de verbetes, seja em termos de profundidade.

      Num outro extremo, temos a Enciclopédia da Bíblia Cultura Cristã, em 5 substanciais volumes. Se o dinheiro não for problema para você, é um ótimo investimento.

      Num nível mais intermediário de preço, tem a Enciclopédia Histórico-Teológico da Igreja Cristã.

      Aproveitando, indico a Rede Livraria Erdos, como forma de aquirir bons títulos, com ótimos descontos e por vezes frete grátis (como é o caso até o final de março). Cadastrando-se na rede e indicando para seus amigos, você ganha bônus que podem ser trocados por descontos em livros. Se quiser conhecer, acesse pelo link http://www.redelivraria.com.br/rede/RL9534. Fazendo seu cadastro e comprando pelo menos R$ 30,00 eu passo receber bônus, pelos quais agradeço, rsrs.

      Em Cristo,

      Excluir
  68. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  69. Achei muito interessante o assunto sobre Bíblia de Estudo e visto que possuo várias gostaria de tecer alguns comentários. Atualmente temos uma variedade bem grande de Bíblias de Estudo mas algumas são de qualidade superior no conteúdo das notas. Para quem deseja estudar com notas de conteúdo menos tendencioso a melhor é a Bíblia de Estudo NVI. A Bíblia de Estudo Almeida também possui notas mais neutras mas são muito superficiais. A Bíblia de Estudo Palavras-Chave é excelente e se você a utilizar junto com a Concordância Bíblica Exaustiva Joshua (baseada na ARC), da Central Gospel, ela se torna muito útil pois essa concordância indica a numeração de Strong das palavras e facilita o uso do dicionário de hebraico e grego no final dessa Bíblia. É uma maravilha mesmo. Quanto a outras edições de Estudo tenho a Dake que tantos criticam mas eu a acho interessante para que possamos avaliar certas passagens bíblicas de outros ângulos. É necessário porém ter um bom aprofundamento no conhecimento bíblico para se usar esta Bíblia. Uma que eu não gostei é a Bíblia de Estudo NTLH que é ruim tanto nas notas quanto na parte visual com cores diferentes que torna a leitura terrível. Também não gosto dessa versão que é livre demais beirando à mediocridade. Quanto às traduções as mais literais são a ACF e ARC apesar de serem de um português mais erudito são muito boas para estudo profundo. Apesar de se basearem no Texto Receptus não vejo mal algum em usar tais versões. Eu atualmente tenho preferido a edição em grego do NT do Texto Majoritário por entender que esta edição contempla e faz justiça a uma vasta tradição de manuscritos antigos ao contrário do texto crítico que valoriza demais apenas uns dois ou três textos antigos que são de fato mais breves e por isso alguns versículos que aparecem na ACF e na ARC e mesmo a Contemporânea não aparecem na ARA e na AL21. Não gosto da ARA que para mim de Atualizada não tem nada. Tenho simpatia pela NVI, TEB, CNBB e Jerusalém. A Bíblia Judaica da Editora Vida é bem interessante. Uma edição que comprei há pouco tempo foi a Reina-Valera em português, publicada pela Unipro que é muito boa e fica num meio termo entre a ARC mas com um gosto de modernidade em muitos trechos. Tenho lido nela e estou apreciando muito. Esta versão pelo que já analisei se baseia no NT no Texto Grego Majoritário. Quanto à Tradução do Novo Mundo eu a conheço bem pois fui uma TJ durante 20 anos e há muito desvio textual, interpolações para favorecer a doutrina tejotiana e quem não tem um conhecimento textual um pouco mais aprofundado acaba não percebendo certos erros sutis mal-intencionados posto pelos tradutores de tal versão. Em outra oportunidade vou tecer mais alguns comentários. Abraço a todos e a paz de Cristo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo seu comentário, bem abrangente. Só não entendi sua distinção entre Textus Receptus e Texto Majoritário. Sei que não são a mesma coisa, mas comparando-se com o Texto Crítico podem ser considerado um só.

      Se você realmente considera que há diferenças significativas entre TR e TM, poderia apontá-las (não é um desafio, é que realmente não sei as diferenças, quem me socorre nessa área é o André).

      Em Cristo,

      Excluir
  70. Israel Reyna Am. Aiicco Sigorta plc Temsilcisi. Biz 3% anaSayfa Ödeme oraninda Kredi sunuyoruz.Bu (CEO) e-posta adresine bizimle irtibata ilgilenen
    varsa: Israelreynaloanfirm@yahoo.com
    Eklendi sadece Aiicco Sigorta plc Izin Alir 20 yas üzeri yazidan.
    Bireysel Krediler Yatirim.
    Isletme Kredileri Yatirim.
    Konsolidasyon Kredi.
    Insaat Krediler.
    Bir'in Daha yaygin Ödeme yasindaki Your Language.
    Plani Çirak AYLIK ve yillik Ödemeler arasinda yorumsuz yapin.
    Esnek Kredi kosullari.
    Yil 6000 3000.000.00 Euro Kadar Kredi yok.
    FIRMAMIZ Güvenilir, Verimli, hizli ve yürüt BIR islemdir. Bize bugün.Israel Reyna Yatirim plc: Yanitlar Isim gönderilmesi gerekmektedir, E- posta: Israelreynaloanfirm@yahoo.com

    ResponderExcluir
  71. Oi ontem eu comprei a nova edição da biblia de estudos Dake,será que fiz uma boa escolha?Edição 2012, editora atos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mônica,

      Desculpe a demora da resposta.

      A Bíblia Dake até é tecnicamente boa, porém doutrinariamente ela contém muitos ensinamentos controversos, senão heréticos. Daí a Comissão de Doutrina da CGADB ter forçado a sua retirada do mercado, quando publicada pela CPAD.

      Honestamente acho que você poderia ter investido melhor o seu dinheiro e espero que você seja capaz de identificar os erros dela e colocá-los de lado.

      Em Cristo,

      Excluir
  72. Irmãos, eu comprei uma bíblia de estudo dake, são infinitas notas, como faço para ler ela? Estou muito confuso, pois em todos os versículos, há uma anotação do autor, e aí? Eu vou ler um versículo e ir lá em baixo direto para ver a nota? Sei lá, a leitura não ficará tão dedicada. Me ajudem por favor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão Igreja Online,
      Em minha opinião o ideal é que você leia cada capítulo sem consultar e tirar suas próprias opiniões. Caso, tenha dificuldade em alguma de entendimento, aí vai lá e lê, mas apenas em último caso. Pois o ideal em minha humilde opinião é exercitar o seu entendimento sem ajuda das notas primeiro.

      Graça e Paz!


      Abs,
      Leandro Martins

      Excluir
  73. Irmão Clóvis,
    Estou a procura de uma nova bíblia. Tenho Uma Genebra e a Aplicação Pessoal. Gosto muito das duas, mas tenho preferência em ler a Aplicação Pessoal por preferência ao texto em ARC. Gostaria de comprar uma em ACF, e vi que a Bíblia de Estudo Apologética. Você conhece, o que pode falar a respeito desta?

    Graça e Paz!

    Abs,
    Leandro Martins

    ResponderExcluir
  74. Irmão,
    Esqueci de dizer que; é bem provável que eu compre a Thompson, mas fiquei bem curioso com a Apologética. Apesar de achar que suas notas podem ser tendenciosas, devido ao fato das coisas que li na internet sobre os irmãos chamados cristãos fundamentalistas.
    Não quero levantar polêmica, mas apenas saber seu conhecimento sobre esta bíblia.

    A Paz!

    Leandro Martins

    ResponderExcluir
  75. Clóvis,

    Em vários estudos seus em que se compara um versículos nas diferentes traduções,´você cita a Tradução Brasileira. É uma Bíblia importante de se adquirir? Como diz no site da SBB "bíblia tira-teima".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcio,

      Como tradução, é muito boa, eu gosto dela e recomendo. Para quem faz questão do Textus Receptus, não é o caso, baseia-se, até onde sei, no Texto Crítico.

      De qualquer modo, tira-teima para mim é a ACF.

      Em Cristo,

      Excluir
  76. Clóvis,

    Grato do retorno.

    Também tenho uma ACF,minha predileta, porém o intuito é mais para comparações em estudos. Então sendo boa, devo compra-la.

    Obrigado

    ResponderExcluir
  77. Gostei muito dessas dicas e vou procurar uma Bíblia seguindo essas dicas, vai difícil encontrar mas vou tentar.

    A Bíblia de estudo que eu uso talvez não seja muito conhecida é a Bíblia de Estudo Macarthur, Almeida Revista e Atualizada. Gosto muito das notas dela.

    ResponderExcluir
  78. Olá,

    Agradeço pelo post, foi de muita ajuda, que Deus lhe capacite para continuar edificando vidas através deste blog. Pretendo comprar uma bíblia de estudo e estou em dúvida entre a NVI e a Biblia de estudo Anotada Expandida (notas de Charles C. Ryrie), pelos comentários percebi que a NVI é elogiada por muitos, mas devido ao tamanho será que seria uma boa "biblia de igreja"? Meu principal questionamento é: a Biblia de estudo Anotada Expandida é uma bíblia boa/confiável? Sou presbiteriana e optaria fácil pela de Genebra, mas estava com vontade de conhecer novas versões... Frisando que peço opinião para aquela que será minha "biblia de igreja" rsrs, ou seja, de uso contínuo e não apenas consultivo.

    Grata desde já,
    Júlia

    ResponderExcluir
  79. Olá,

    Foi uma longa leitura de todos os comentários, me foi útil para me ajudar a filtrar algumas das Bíblias de Estudo que eu estava em dúvida.

    Me converti a pouco tempo então praticamente não tenho base conceitual bíblica. Estou querendo estudar a Bíblia, sou universitário e curso biologia em uma universidade pública. Por conta disso frequento duas igrejas bem distintas. Na cidade dos meus pais vou a igreja dos meus amigos de infância que possui orientação pentecostal, quando estou na cidade que estudo vou a igreja presbiteriana, a mesma da minha namorada.

    Cheguei aqui em dúvida entre varias edições de estudo, após a leitura ainda me resta dúvida entre algumas edições, gostaria de ouvir alguma opinião a respeito da minha situação. Primeiro há a Bíblia de Estudo MacArthur, já consultei ela algumas vezes em PDF para me ajudar a entender algumas passagens, achei ela bem explicativa. A Bíblia de Estudo Esquematizada, essa me foi apresentada pelo pastor da pentecostal tenho ido, pareceu simpática ao estudo, mas as anotações não me agradaram muito. As Bíblias de Estudo Genebra e Plenitude me foram recomendadas, pelo que li aqui a primeira é doutrinamente boa e apresenta o posicionamento reformado já a segunda tem uma visão mais renovada, mas depois de ler esses vários comentários começo a pensar que talvez a Thompson seja a melhor escolha para mim, então ás vezes consulto outras versões digitais de estudo. Só tenho medo que eu fique muito livre na interpretação.

    Abraços

    ResponderExcluir
  80. Ola , não recomendo a bíblia almeida ou a corrigida fiel , pois elas são deitas para melhor interpretação , ou era pra ser , mas uns acabam intendendo errado , ou seja de maneira errada , não recomendo ,como você disse , " tradução verdadeira" por isso recomendo a bíblia King James e também uma católica que se chama Bíblia de Jerusalém , não sou católico mais recomendo , pela ótima tradução e também recomendo a Peshita .

    ResponderExcluir

"Se amássemos mais a glória de Deus, se nos importássemos mais com o bem eterno das almas dos homens, não nos recusaríamos a nos engajar em uma controvérsia necessária, quando a verdade do evangelho estivesse em jogo. A ordenança apostólica é clara. Devemos “manter a verdade em amor", não sendo nem desleais no nosso amor, nem sem amor na nossa verdade, mas mantendo os dois em equilíbrio (...) A atividade apropriada aos cristãos professos que discordam uns dos outros não é a de ignorar, nem de esconder, nem mesmo minimizar suas diferenças, mas discuti-las." John Stott

Sua leitura deste post muito me honrou. Fique à vontade para expressar suas críticas, sugestões, complemetos ou correções. A única exigência é que seja mantido o clima de respeito e cordialidade que caracteriza este blog.